Viajei para a Tailândia só de mochila

Desde o último post até agora a minha vida tem estado repleta de acontecimentos. E essa é a razão pela qual este post vem com tanto atraso. Mas vou contar-vos tudo dentro dos próximos dias!

IMG_9234-horz

Toda a minha viagem até à Tailândia teve a duração de cerca de 20h. Viajei com os Emirates desde Lisboa até Bangkok e fiz escala no Dubai. Fiquei um bocadinho desapontada com a companhia aérea. Já fiz a mesma viagem com a Turkish e prefiro. A qualidade da comida é melhor e o entretenimento a bordo também. Desde Bangkok até Chiang Mai a viajem foi feita através da Bangkok Airways.

IMG_9196-horz.jpg

O ano passado viajei sozinha, mas este ano vim acompanhada pelos pais do Artur, que vieram passar férias.

Tendo em conta que viajámos para outros sítios e o local de partida no regresso a Portugal dos pais do Artur não era Chiang Mai, comprámos o bilhete de Bangkok para Chiang Mai separado. Isto quer dizer que não podíamos levar bagagem de porão, pois assim que chegássemos a Bangkok corríamos o risco da bagagem atrasar e perder o voo. Para os pais do Artur não foi um problema trazer uma mochila com artigos para as férias. Mas eu vinha para ficar uns meses 😅IMG_9227_Facetune_11-01-2018-16-13-47-horzComprei uma mochila enorme e tentei lá meter tudo o que consegui. A compra foi boa e económica. Este tipo de mochilas encontram-se facilmente em lojas de desporto. A minha é da Decathlon e custou cerca de 35€.

Artigos de higiene optei por trazer pouca coisa, pois são coisas que facilmente se adquirem aqui e sempre era um espaço livre que ia na mala. Não trouxe casacos, mas como por vezes pode haver noites mais frias e durante a viagem também deu jeito, trouxe uma camisola de malha grossa vestida, que acabou por me poupar espaço na mochila. A nível de calçado tentei trazer o mínimo possível, tendo em conta que ocupa muito espaço.

mochila1-horz

Claro que não pude trazer muita variedade de roupa, mas posso dizer-vos que há peças que ainda não vesti 😁 Se pudesse voltar atrás teria trazido apenas mais algumas roupas para treinar. Já pela experiência do ano passado pude concluir que aqui é tudo muito prático e o calor é mesmo abafado, o que nos faz estar constantemente a transpirar. É importante escolher roupas mais práticas e confortáveis.

Para concluir, posso dizer-vos que sempre tive o hábito de ir com a casa às costas com medo que me faltasse alguma coisa e isto foi para mim, sem dúvida, um desafio, que me orgulho de ter conseguido superar. Afinal de contas, ainda não me faltou nada… E mesmo que faltasse tinha sempre a oportunidade de adquirir aqui 😉

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s