Mudámos de cidade!!

Estávamos a viver no norte da Tailândia, mais precisamente em Chiang Mai. É a segunda maior cidade da Tailândia e dizem que tem mais de 300 templos! Tem muita natureza disponível graças às montanhas em torno da cidade. Paisagens de cortar a respiração e que as fotos não traduzem. É também conhecida por ser uma das cidades mais baratas do mundo (conseguem fazer uma refeição por 1,50€/2€).

20180118_170358-horz

Nesta época são frequentes as queimas dos campos de cultivo e o ar torna-se irrespirável. Já por si, Chiang Mai é poluída, tendo em conta que circulam milhares de motas e tuk tuks naquelas estradas diariamente. Acontece que a cidade ficou tão poluída ao ponto de não conseguirmos ver a paisagem das montanhas. O céu estava constantemente cinzento… Fizemos pesquisas na internet e encontrámos vários sites que indicam o nível de poluição por cidade. Curiosamente, Chiang Mai tinha um nível de poluição muito elevada, sendo até recomendado não sair à rua.

Chiang Mai está mais poluído entre meados de fevereiro e de abril. Caso queiram visitar, aconselho que evitem estas alturas, porque a cidade tem coisas maravilhosas que devem mesmo ser vistas por inteiro.

IMG_9346_Facetune_17-01-2018-23-16-12-horz

Já andávamos com a pulguinha para conhecer novas cidades e a poluição acabou por nos dar o empurrãozinho que precisávamos! Num dia o Artur lançou a proposta e durante 4 dias consecutivos desligámos de tudo e dedicámo-nos à escolha da nova cidade, nova casa e meios de transporte. Só tínhamos 1 semana para decidir, caso contrário teríamos de pagar todas as despesas mensais normais do início do mês em Chiang Mai.

Depois de tudo decidido tivemos de dar baixa de todos os serviços que tínhamos na cidade e fazer as preparações para a mudança. Foi, sem dúvida, uma corrida contra o tempo!

IMG_0044_Facetune_17-02-2018-21-14-19

A nossa cidade eleita foi Pattaya. Conhecida como a cidade do pecado, principalmente devido à famosa “Walking Street” (rua de bares, discotecas, shows de sexo…).  Sim, aqui há muitas “meninas”, mas penso que isso se encontre em qualquer cidade… Também existem muitos “ladyboys” (homens que “são” mulheres). Claramente que isso é uma atração para os turistas, principalmente para as centenas de reformados que residem por aqui. Mas aqui existe muito respeito! Apesar da Walking Street ser a rua que tem mais fácil acesso a toda a “festa”, não se vê situações desagradáveis na rua. Passámos por lá uma vez e até crianças lá andavam. Não existe nada de ofensivo, até porque existem muitos casais a entrar nos shows e as mulheres que lá estão não olham nem tocam em homens acompanhados. Confesso que isto foi uma das coisas que nos deixou de pé atrás em mudar para esta cidade, mas é tudo uma questão de ter a mente aberta, porque aqui não existe mesmo nada ofensivo.

015-Pattaya

Esta é uma cidade que acomoda pessoas de todo o mundo. Nós estamos numa casa num bairro russo (uma zona muito calma, com muitas famílias e longe da confusão da cidade), mas existem zonas de indianos, árabes, franceses e por aí fora.

twilight-pattaya-1-The-building-and-skyscrapers-in-twilight-time-in-Pattaya-Copy

Dando continuação à nossa aventura: mal chegámos a Pattaya, aqui no nosso prédio houve um problema com o Wi-Fi e não tínhamos acesso. Fomos procurar formas de ter a nossa própria internet e dois dias depois lá conseguimos arranjar uns cartões com tráfego ilimitado.

Alugámos uma scooter, tal como em Chiang Mai. Aqui na Tailândia é frequente a polícia mandar parar os estrangeiros. Eles reparam que temos motas alugadas e aproveitam-se para fazer um dinheiro extra. Em Chiang Mai costumávamos dar 2/3€ e estava tudo bem. Mas aqui… Bem, aqui querem mais. E apreendem as motas, porque ao irmos levantar a mota temos de pagar ainda mais. A brincadeira ficou por uns 20€. Nada de especial, mas nós íamos apenas ao supermercado e acabámos por não conseguir fazer as compras, ficámos stressados e ainda perdemos meio dia do dia seguinte a resolver a situação. Uma senhora taxista disse-nos que eles querem mesmo dinheiro e que vão encontrar sempre um motivo para pagarmos. Agora nós vamos a maior parte do caminho de mota e quando chega a zona da polícia apanhamos um táxi (que fica a cerca de 1€ ida e volta para os dois).

IMG_0903_Facetune_14-04-2018-23-08-13

Caso venham para a Tailândia aconselho-vos a tratar da carta internacional. Custa cerca de 30€ no IMT. É importante usar sempre capacete! Estas são as principais razões pelas quais a polícia vos pode obrigar a pagar uma multa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s